Quartel vendido, Indjai “despido”

by pasmalu

Aqui em Bissau… o nome António Indjai não deixa de estar nas bocas do mundo. Desta feita, pela venda do quartel da Marinha à ARESKE. A notícia não está confirmada, mas confirmada está a informação de camiões a transportar pedra. Quanto a valores, muitos milhões, diz-se. Uma coisa é certa. O homem é fresco, e mal possa não deixará de fazer das dele. Que a situação não é segura, não haja dúvida! Basta recordarmo-nos das palavras dele, antes da tomada de posse, na sexta 20 de Junho, quando entrevistado na televisão: “nós militares subordinamo-nos ao poder político, se Deus quiser, e se nós quisermos!” Fugiu-lhe a boca para a verdade!