Eleições: adiamento já à vista

by pasmalu

Guiné-Bissau: Partidos representados no GTAPE admitem adiamento das eleições Gerais
Bissau – Os 19 partidos políticos da Guiné-Bissau representados no Gabinete Técnico de Apoio ao Processo Eleitoral (GTAPE) concordam com a eventual alteração da data das eleições Gerais, marcadas para 16 de Março.

A posição foi tornada pública esta quarta-feira, 29 de Janeiro, em conferência de imprensa pelo porta-voz do colectivo de partidos políticos do GTAPE, Bacar Queita.

A eventual alteração da data só deverá ocorrer baseada em razões técnicas e não políticas, devido, por exemplo, aos problemas internos que dominam a agenda política de alguns partidos.

Segundo Bacar Queita, para haver eleições os problemas técnicos terão que ser esgotados, condição sem a qual o processo não pode ter êxito.

Sobre o recenseamento, que deveria terminar esta sexta-feira, 31 de Janeiro, o colectivo de partidos políticos representados no GTAPE deixou algumas críticas que assentam no fraco engajamento do Governo liderado por Rui Duarte Barros, do qual resultou a obstrução do processo.

Bacar Queita denunciou ainda que a escassez de materiais em várias brigadas de recenseamento está a suscitar desânimo e irritação nas pessoas que já se inscreveram mas que ainda não receberam os seus cartões.

Nesta perspectiva, os 19 partidos apelaram ao órgão encarregue de realizar o recenseamento eleitoral no sentido de aumentar o nível de informação junto das populações sobre o processo ainda em curso.

Desde o início do recenseamento eleitoral, a 1 de Dezembro, têm sucedido inúmeras críticas à forma como o processo está a ser conduzido pelos órgãos encarregues, tendo mesmo o recém-criado Movimento Patriótico Guineense interposto uma acção junto do Tribunal Regional de Bissau, para sujeitar o GTAPE a prestar informações claras aos guineenses.

Na última segunda-feira, 27 Janeiro, o Presidente de transição admitiu, numa visita ao GTAPE, a possibilidade de aumentar o prazo de recenseamento para que todos os cidadãos com idade de votar possam ser inscritos, sem, no entanto, se alterar a data de ida às urnas, prevista para 16 de Março.

Iancuba Danso
(c) PNN Portuguese News Network
2014-01-29 19:11:39

Fonte:http://www.bissaudigital.com/noticias.php?noticia=2000333107