Fédura toma konta de kau

by pasmalu

Quando se está na mó de baixo, não convém mexer muito, senão o cheiro torna-se insuportável. Esta é uma verdade ditada pela prudência. Mas por mais elementar que seja, Nando Vaz ainda não aprendeu a respeitá-la, e assim vai metendo a “pata na poça”.

Foi o que fez quando disse que “o contra-almirante Bubo na Tchuto não foi preso em águas internacionais, mas talvez nas nossas águas, muito próximo de Caravela”, arquipélago de Bijagós.

Como sabe tal coisa? A menos que esteja também implicado na entrega que Indjai fez de Bubo Na Tchuto aos americanos. Claro! A entrega era dupla, pois nestes assuntos os americanos não brincam em serviço, e estavam a fazer também com que Bubo entregasse Indjai, como se constata pela informação, há alguns dias, avançada por uma agência de notícias internacional.

Com estas declarações, Fernando Vaz confirma o que sempre se soube. A implicação de Indjai e dos transitórios (e dele mesmo) nas jogadas do narcotráfico. E o “senhor presidente” Nhamadjo? A implicação já foi referida no processo. Terá também traído alguém? Porque não regressa ao país? Estará com medo que Indjai o acuse de traição? Uma coisa é certa, neste país, todos se traem uns aos outros!

Fonte:

http://www.afriquinfos.com/articles/2013/4/22/guinee-bissau-accuse-etats-unis-davoir-viole-integrite-territoriale-222264.asp