Maldita Cocaína

by pasmalu

(armazéns bem cheios)

Com o gargalo do garrafão entupido, isto é, com a rota de tráfico de droga via Mali bloqueada pela guerra franco-alqaeda, Bissau assiste a um armazenamento forçado da droga proveniente da Colômbia.

Por estes dias, os traficantes limitam-se a guardar a droga, à espera de novos dias, com menos franceses no caminho. A retirada está prevista para o próximo mês, e os substitutos das tropas gaulesas, já eles o sabem, são muito mais maleáveis. Desde que não interfiram no terreno, no céu não vêem nunca nada a passar…por maior que seja.

No entanto, este compasso de espera, está a pôr António Indjai nervoso, sempre ávido de dinheiro fresco para as enormes despesas consigo próprio, com os capangas que polulam à sua volta, com os seus “sufas” que guardam milhões nos cofres de suas casas e com parte desse dinheiro organizam orgias com as crianças de quem abusam.

Os militares andam nervosos e ao mínimo sinal reivindicam junto de Indjai o pagamento a que se julgam com direito, pelos serviços prestados. Outros, possessos, preferem ir para a prisão de Mansoa e simular greves da fome.

Armazéns dispersos pelo país, desde os de Jugudul até aos da estrada de Bór, perto da Ponta Neto, estão a rebentar pelas costuras com droga.