O engano do PAIGC do Barbosa

by pasmalu

O PAIGC, através do seu porta-voz, aqui em Bissau, o “prestigiadíssimo” Óscar Barbosa, reivindicou a realização das eleições ainda este ano. Estranho! Não? Para quem tanto quis assinar (traindo a direcção legítima do partido) o pacto dito de transição e afinal até agora não conseguiu os seus intentos, isto é, chegar ao governo (o que significa “massas”, dinheiro), mais iniciativas de protelamento não interessam…

Mas, reconheça-se, também não é fácil fazer com que as eleições se realizem este ano. Há que fazer o recenseamento de raíz, formar equipas/brigadas eleitorais, tanta coisa. Porém o principal condicionalismo é o tempo, e este ano, embora ainda se esteja no início, parece curto para tudo isso, pois ainda há que contar com a época das chuvas, que vai deixar o País paralisado durante muitos meses.

Quanto aos golpistas? Bem! Para eles isto não é problema! Nunca fizeram intenção de convocar eleições. E mesmo que convocando-as os resultados sejam desfavoráveis, pode sempre fazer-se outro golpe… É um instrumento que tem resultado sempre.