Tribunal Penal Internacional, para quê?

by pasmalu

O mundo está a assistir boquiaberto aos assassínios diários perpretados por um grupo de facínoras, sem o mínimo de remorsos, sem o mínimo de pudor, sem o mínimo de educação cívica, que tomou conta do poder na Guiné-Bissau, através de um golpe de estado do que que eles assumem a autoria.

Está em curso um GENOCÍDIO étnico contra os felupes e político contra todo e qualquer cidadão que não lhes diga “amen” perante a passividade total.

A quantos mortos tem de se chegar para que as instâncias internacionais acordem e decidam meter imediatamente estes SELVAGENS no banco dos réus do Tribunal Penal Internacional.

Ainda não perceberam que, por cada pessoa assassinada, as suas famílias clamarão por VINGANÇA?

Onde iremos parar?

Não finjam que não sabem e não vêem nada. Eles estão aí com o rosto descoberto e que todos conhecem.

Seus porta-vozes é o que não falta! Daba e Fernando Dódóte invadem-nos os dias com aulas de imbecilidade, tendo por detrás do pano, e a bater palmas, a CEDEAO.

Estão à espera que já não sobre ninguém, para tomar uma posição altisonante?

Se não intervierem já, lembrem-se que NUNCA mais vos perdoaremos quando vierem com a retórica da Solidariedade, da Democracia, da Cidadania.

(enviado por um dos familiares de uma das pessoas assassinadas recentemente)