Maldita cocaína

by pasmalu

Um País não se constrói sem Memória. Mal estariam os seus filhos se a não a elaborassem. A verdade liberta, permite a uma sociedade manter-se sã.

Actualmente, não é este o caso da Guiné-Bissau. Assistimos ao predomínio da desordem sobre a ordem, do crime sobre a autoridade. Decidimos, por isso dar o nosso contributo para inverter este estado de coisas.

Vamos, ao longo dos próximos dias publicar uma série de documentos que vão ajudar a clarificar a situação triste em que a Guiné-Bissau caiu, pela ganância de alguns em quem mais devíamos confiar. Enganaram-nos.

2008 foi um ano fulcral. Marcou a ascensão pública do narcotráfico no nosso País.

A 12 de Julho desse ano, segundo um relatório da Interpol, a Polícia Judiciária relatou a aterragem numa base militar de um avião “procedente da América do Sul (provavelmente da Venezuela)”. A carga que levava, “foi recolhida por vários homens com fardamento militar”. Ficam os dados… a bem de todos nós. Leiam… (para verem os documentos em tamanho original cliquem sobre cada página)