NEOCOLONIALISMU I NA SORONDA

by pasmalu

(O neocolonialismo está à espreita)

O apoio francês aos golpistas torna-se cada vez mais evidente. Se hipocritamente votam as declarações contra os golpistas, por trás apoiam-nos. Nesse sentido se pode entender a intenção do grupo Sefrioui de construir cinco cimenteiras em cinco países africanos (Costa do Marfim, Guiné Conakry, Camarões, Gabão e Guiné-Bissau).

Um apoio que parece estar por detrás da intenção manifestada pelo Ministro dos Negócios Estrangeiros de abandonar a CPLP, a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, caso a organização persista em vedar ao país, isto é aos golpistas, “o direito de ser ouvido”.

A Embaixada da França em Bissau tem estado muito activa a pressionar os opositores ao Poder Golpista para que os aceitem (djitu ka ten…), a alargar a sua esfera de influência a outros decisores e a promover os francófonos da praça de Bissau. Está a criar uma enorme expectativa a celebração do 14 de Julho, Dia da França e os convidados que ela faz questão de lá ter na Embaixada.

Informação referida: http://www.lavieeco.com/news/economie/le-groupe-sefrioui-implante-des-cimenteries-dans-5-pays-d-afrique-et-compte-y-construire-des-logements-sociaux-22556.html